11.5.11

Digestivo Cultural

 por  Jéssely Naccari

  É bem verdade que provavelmente não haja uma pessoa que nunca tenha ouvido falar sobre a Segunda Guerra Mundial. Tendo como líder Adolph Hitler, um alemão fanático que implantou o cruel e sangrento nazismo. A guerra resultou em seis longos anos de dor e sofrimento, embora muitas mortes não tenham sido registradas, estima-se que cerca de 60 milhões de pessoas morreram incluindo 20 milhões de soldados e 40 milhões de civis.

     Nesta matéria apresentarei dois livros de diferentes autores: A menina que roubava livros, de Markus Zusak, e O menino do pijama listrado, de John Boyne. Ambos os livros trazem a experiência de cada autor como um modo de comover o leitor dos poderes destruidores da guerra, tanto físicos quanto emocionais. A Alemanha nazista é o cenário das histórias que trazem crianças como protagonistas. Os autores nos apresentam a guerra de uma forma nunca antes vista: Pelo olhar de uma criança.

       No livro o menino do pijama listrado, embora seja uma história fictícia o campo de concentração  Auschwitz realmente existiu, sendo o cenário de trabalhos forcados e extermínios coletivos. O interessante mesmo é que em ambos os livros, são retratadas amizades verdadeiras de pessoas completamente diferentes, que viviam em mundos completamente opostos. Realmente são leituras muito proveitosas.

           
Fica a dica!

Um comentário:

  1. Dedé Vieira, tudo bem?
    Dos dois livros, já ouvi falar no "menino do pijama listrado", embora ainda não tenha lido, mas agora fiquei com mais curiosidade.

    Agradeço tua atenção, por e-mail. Será uma honra ter meu banner por aqui neste espaço.
    Muito obrigada!

    Humoremconto
    http://anaceciliaromeu.blogspot.com

    ResponderExcluir

Se é Arte, é Categóricos!