13.10.11

Questão de Notícia

 



Inocência perdida


     Na semana que o capitalismo dedica as crianças e ao consumo do lúdico através de brinquedos e brincadeiras, o AVM trás um alerta. É preocupante o índice da cyberpedofilia ou a pedofilia pela internet. O Brasil lidera o ranking nessa triste estatística grotesca.

     Mas é na internet que está concentrado a maioria dessas pessoas que utilizam erroneamente para influenciar crianças e assim abusar sexualmente delas. Na semana passada a rede social Facebook lançou uma campanha contra a violência infantil, entre prós e contras o que se viu foi uma farra de fantasias animadas relembrando bons e velhos momentos ao invés de uma imposição contra a violência infantil.

     O proposto pela campanha foi digno, porém precisa se consolidar uma iniciativa sobre o incentivo do uso eficaz da internet pelos irmãos mais velhos, pelos pais, professores e formadores de opnião. Vale lembrar que qualquer ato de cunho desconfiável que se veja envolvendo uma criança na internet não pode deixar por isso mesmo, denuncie.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se é Arte, é Categóricos!