9.11.11

Questão de Notícia

  Política x Jornalismo



    A imprensa mostra-se fundamental  para a política em muitos períodos da nossa história. Passos importantes foram tomados graças a mídia jornalística assim como assuntos polêmicos. Mas o que não podemos negar é a autenticidade e bravura de muitos profissionais que mostraram ser a laranja boa desta profissão de riscos, glórias mas principalmente um compromisso com a sociedade.

    Esta semana o AVM conversa com uma destas, a jornalista Gioconda Brasil, Repórter da Rede Globo que atua em Brasília com jornalismo político para as edições principalmente do Jornal Hoje. Devido a questões de tempo a entrevista foi realizada por escrita. Acompanhe:

Avm - O que te levou a buscar o jornalismo?
Gioconda B. - Não existe uma razão específica. Gostava de ler. De escrever. E em casa os programas jornalisticos no  rádio ou na tv, sempre tiveram prioridade. Sempre fui ligada em notícia.

Avm - O que essa profissão significa para você além de te render salário?
Gioconda B. - Experiências maravilhosas. Dinamismo. Testa agilidade, o raciocínio. A tomada de decisões. Como na TV a briga é contra o tempo temos sempre que escolher o que é mais importante dentro da notícia. Tentar não errar. Um desafio diário.

Avm - Hoje se fala muito na construção de um bom jornalismo. Em sua opinião o jornalismo brasileiro está honrando esta atitude?
Gioconda B. - Convivo diariamente com pessoas que fazem o trabalho com a maior seriedade. Mas, falhas existem em qualquer profissão.

Avm - O que mais te marcou atuando na profissão em questões de reportagens e matérias?
Gioconda B. - Coberturas como a da Chacina da Candelária, de Vigário Geral, os julgamentos desses crimes. Claro, as crises politicas. A violação do painel eletrônico do Senado foi muito marcante.

Avm - Quais obstáculos enfrentou por sua escolha no jornalismo?
Gioconda B. - Só materiais. Trabalhar, estudar e estagiar ao mesmo tempo. Nem sei como dei conta. Mas o resultado vinha, o que me animava. Saí da faculdade direto para a Globo. Fui a primeira repórter da Globo News no Rio de Janeiro. Não posso reclamar, né?

Avm - Qual a parte mais difícil em se produzir Jornalismo político?
Gioconda B. - Checar, rechecar, ouvir mais uma fonte e analisar os arredores do noticiário para saber se o que te dizem faz sentido. Processar a informação. Isso é o mais difícil.

Avm - Pra você, por que a política e o jornalismo estão tão interligados visto que leitores e telespectadores mostram escancaradamente sua repressão por assuntos envolvendo o governo?
Gioconda B. - Porque a política faz parte da realidade. Gera fatos que precisam ser acompanhados, explicados, compreendidos. O público se revolta com os desmandos, não com a disponibilidade da informação.

Avm - Em sua opinião como leitora ou telespectadora, O jornalismo é cobrado pela política por ter contribuindo com a democracia ou não?
Gioconda B. - Só vejo cobranças por parte de autoridades que se julgam injustiçadas quando aparecem em denúncias. É uma crítica recorrente. Mas a importância do Jornalismo no processo de redemocratização é inquestionável.

Avm - Como você vê a nossa presidente Dilma Rousseff em questões politicas?
Gioconda B. - Como dizem os políticos, prefiro não "fulanizar" a questão.

Avm - O que você acha do curso de jornalismo hoje não possuir mais diploma?
Gioconda B. - Não vejo problema. O que importa é a pessoa ter a clareza da informação. Se fazer entender. Saber dar o recado.

Avm - Que incentivo você dá aos novos jornalistas e os que pretendem seguir essa profissão?
Gioconda B. - Leiam os jornais. Acompanhem quem é quem no noticiário. Tentem interpretar os movimentos da política, da economia. É muito bom. Garanto.


Você tem perguntas para fazer a jornalista? Nosso twitter está aberto para estender mais esse bate-papo. Acesse @vidamovimento  



Redação de entrevista
Dedé Vieira

Fotografia
Blog Jornalindas (Theyse Viana)


Agradecimentos
@GiocondaBrasil
@TheyseViana

2 comentários:

  1. Anônimo12:12

    Muito bom! Parabéns!
    Carmem

    ResponderExcluir
  2. Anônimo12:39

    Gostei muito da entrevista, pois gosto muito do trabalho da Gioconda B., sempre que posso vejo as reportagens dela, gostei mesmo ;)

    ResponderExcluir

Se é Arte, é Categóricos!