23.11.11

Questão de Notícia

com Dedé Vieira

Fique sem dividas!

    Novembro os trabalhadores já começam a receber parte do 13° salarial, mas ai que a vem a pergunta que todos se fazem: este é o momento de quitar seu saldo devedor, as chamadas, Divida?

    Usar este benéfico para quitar saldos negativos é sim uma ótima opção. A Associação de Consumidores PROTESTE, aconselha os inadimplentes (devedores) a reservar a primeira parcela do 13º salário para renegociar as dívidas. E ainda recomenda pagar as contas sem se endividar novamente.

    Atente nisso quem tem dívidas, deve aproveitar as diversas opções oferecidas por lojas e bancos, e negociar desconto para quitações à vista, e o abatimento nas taxas de juros e nas multas, para saldar seus débitos. Uma boa negociação pode garantir descontos progressivos no principal da dívida e ainda permitir a retirada do nome dos cadastros de inadimplentes, os famosos SPC e Seresa.

    Porém, ao fechar um acordo, o consumidor precisa ter cautela para não assumir um valor que não possa pagar, comprometendo o orçamento familiar, sem resolver o problema. O ideal é negociar prazos maiores e juros menores.

    Para você jovem trabalhador e para todos aqueles que tem o costume de pagar o valor mínimo da fatura, cuidado! Se você paga o valor mínimo da fatura e depois financia o restante, isso pode transforma a sua dívida em uma ‘bola de neve’, que só aumenta.

    O descontrole financeiro, muitas vezes, é motivado pelas facilidades do crédito em situações em que o consumidor não planeja os gastos. Então cuidado com os Cartões de crédito nesta fase

    Importante lembrar que no caso da opção pelo uso do 13º salário para quitar ou aliviar dívidas, o consumidor pode evitar entrar um círculo vicioso que faz com que a cada mês o salário seja todo engolido pelas dívidas, restando nada ou muito pouco para as despesas que virão. A idéia é aliviar, por isso equilíbrio é fundamental, então sente e calcule o que é melhor para os seus planos financeiros. Não fiquem com dúvidas, busquem sempre informações do que é mais viável para a sua situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se é Arte, é Categóricos!