9.12.11

Vintage Cultural

por Jéssely Diamente


                   O Mundo de Sofia de Jostein Gaarder trata-se de um romance da história da filosofia. O autor, através de Sofia, uma adolescente normal que segue sempre seu cotidiano habitual, e um professor de filosofia, descreve com detalhes e nos faz pensar vividamente nas transformações ocorridas com o ser - humano com o passar dos tempos. O livro trata de assuntos de séria importância como: existência, atitudes alheias, interação com o mundo, questões filosóficas diferentes existentes na humanidade. Aprende que os mitos, superstições, explicações sobrenaturais são formas fáceis para explicar os acontecimentos da vida incompreensíveis ao ser humano, tudo o que não vai bem, tudo o que não da certo é atribuído a eventos inexplicáveis, porém o que o homem não percebe é que tudo o que colhem é fruto de uma ação.
                Gaarder mostra através de sua narrativa que para interferirmos em nossa realidade devemos estar sempre indagando sobre os fatos, devemos estar atrás nossas raízes históricas, pois a vida não é uma fatalidade, e sim algo construído pelos seres humanos em sua interação com seus semelhantes e através do tempo e do espaço, sempre de forma contínua, nunca estagnada.
                 O livro mostra o estudo de filósofos famosos como Aristóteles e sua felicidade, vistas de forma plena do homem. O autor também cita a lei a Inércia de Newton, também cita a arte barroca. Somos capazes de transformar o mundo, de mudar a história onde nós somos os personagens principais. O mundo de Sofia é um clássico da literatura onde nos permite refletir sobre questões importantes da vida.

Fica a Dica!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se é Arte, é Categóricos!