15.3.12

UPMUSIC

por Renata Luiz


ABRINDO O BÁU

A vida e obra de Jimi Hendrix





Um dos maiores músicos de todos os tempos e membro do “clube dos 27” estaria comemorando mais um ano se estivesse vivo. Estamos falando de Johnny Allen Hendrix, que posteriormente se tornou James Marshall Hendrix – ou simplesmente Jimi Hendrix.
Considerado o maior guitarrista de todos os tempos, Hendrix nasceu em Seatle em 1942. O músico teve uma infância difícil – precisou cuidar do irmão mais novo, seus pais passavam por um tumultuado divórcio e, anos mais tarde, sua mãe faleceu – mas, desde pequeno, a música fazia parte do seu cotidiano. Foi seu pai que deu o primeiro instrumento (um ukulele). Mais tarde, comprou, por apenas US$ 5 dólares, um violão.
Quando adolescente, tocou em algumas bandas de sua cidade e, até quando se alistou na guerra do Vietnã, compunha músicas, mas sua trajetória profissional iniciou em 1965, quando assinou o contrato com o empresário Ed Chaplin. No ano seguinte, formou a banda Jimmy James and the Blue Flames. Nesse período ele pode conhecer e dividir os palcos com nomes como Ellen McIlwaine, Jeff “Skunk” Baxter e Frank Zappa.
Foi logo no começo de sua carreira, tocando em um bar chamado “Cafe Wha?”, que Jimmi foi descoberto pelo baixista da banda The Animals e migrou para o velho continente. Em Londres, seu nome começou a popularizar na industria musical. Na mesma época ele gravou “Purple Haze”, seu primeiro grande êxito.



Em 1976, ao lado dos músicos Noel Redding e Mitch Mitchell, Jimi Hendrix gravou seu primeiro LP, intitulado “Are You Experienced”. O álbum de rock psicodélico só não chegou ao topo das paradas porque os Beatles, no auge de seu sucesso, haviam lançado seu oitavo álbum, “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”. Obviamente, o primeiro disco do guitarrista figura a lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.
No mesmo ano, um segundo material musical chegou às lojas, “Axis: Bold as Love”. Assim como em “Are You Experienced”, Chas Chandler novamente assumia a produção desse projeto, marcado não só por boas músicas, mas pelo início do declínio da vida pessoal do líder da banda, que não se importava de aparecer embriagado publicamente, além de destruir quartos de hotel e abusar de drogas – sendo até preso por isso.
Em 1969, a banda de Hendrix se desfez, e ele criou a “Gypsy Suns and Rainbows”, sua nova agrupação, formada também por Billy Cox, Mitch Mitchell, Larry Lee, Jerry Velez e Juma Sultan. Com esse novo grupo ele se apresentou (dizem que sob o uso de LSD) no famoso festival de Woodstock. Gypsy Suns and Rainbows não durou muito e mais uma nova banda foi criada, a Band of Gypsys, com quem permaneceu até sua morte.
Hendrix faleceu em Londres no dia 18 de Setembro de 1970, aos 27 anos, asfixiado em seu próprio vômito. Embora nunca tenha sido explicada a verdadeira causa de sua morte, muitos apontam que ela ocorreu após uma overdose acidental de remédios e vinho tinto. Há quem diga que ele se matou – fato desmentido posteriormente.

Até semana que vem!!!

fonte: blogpopmusic





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se é Arte, é Categóricos!