10.5.12

Coluna-Fórum

por Dedé Vieira


POR QUE A JUSTIÇA BRASILEIRA TARDA DEMAIS NAS REALIZAÇÕES DE JULGAMENTOS?


 Nesta quinta-feira (10) começou o julgamento de cinco réus acusados de participar no assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel,  que ocorreu em janeiro de 2002, ou seja a 10 anos. Serão ouvidas 13 testemunhas de defesa  de acordo com informações da assessoria do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).


              

10 anos se passaram e finalmento o julgamento vai começar. O quê?! 10 anos depois?! Parece até brincadeira, não é? Mas demoras como estas já viraram uma marca registrada na justiça brasileira, como no caso Nardoni. Em 29 de março de 2008,  Isabella Nardoni foi jogada do 6º andar do Edifício London  pelo proprio  pai Alexandre Nardoni, acontece que o julgamento foi acontecer 2 anos depois, em 2010.

Alexandre Nardoni e Ana carolina jatobá (Madrasta de Isabella)


Apuração dos fatos, requerimentos das testemunhas, laudo pericial,  afinal, tudo isso realmente tem que levar tanto tempo assim para se determinar um julgamento? Não. Os inqueritos precisam sim de um tempo para serem avaliados e assim  imposto as reais punições aos acusados, porém isto não significa que deve haver acomodação processual mas sim interesse profissional em solucionar caso, resumindo, tanta demora, um grande descaso público. Mas vamos ver o que alguns leitores pensam sobre isso:


Jayne santos, 16 anos - Estudante
Na minha opinião há essa demora por que existe todo um processo de analisar destaque em destaque, prova por prova e em muitas vezes eles não encontram certas provas para condenar as vítimas, mas o tribunal tem muitas falhas encobertas pelo gorverno por que uma demora como esta é um absurdo

Ritielle Lopes de Souza - 26 anos - Webdesigner e Professor universitário
Os processos são burocratizados demais deixando o que realmente é importante de lado. Nosso sistema judicial é arcaico e já deixou de ser funcional à muito tempo.  Um método que tinha sua eficiência no passado, mas que não acompanhou a evolução tecnológica e social na qual vivemos hoje.  A burocracia que envolve o meio judiciário gera somente pilhas de arquivos desnecessários e se torna onerosa para a população. Estes meios de julgamento e processos judiciais deveriam ser mais informatizados, mais dinâmicos e mais acessíveis a todos os cidadãos.

Baltazar Lopes Cavalvante - 31 anos - Metroviário
Uma questão de logística, foge ao tema da aplicação das leis, há processo que ficam parados por que há poucas pessoas para trabalhas naquele julgamento, como Juízes e promotores.  Do ponto de vista social é inaceitável por que gera a injustiça. Uma justiça torta pois há caso que o acusado já morreu por velhice. Ou há casos que a pessoa espera receber indenizações do estado ficando anos sem receber o que é de direito agora.

Larissa Carvalho - 18 anos  - Estudante de Direito
Na minha opiniao , acho que há um motivo especifico para isso . Nao podemos esquecer que recolher os fatos do acontecido é muito importante para um julgamento justo.


Vanessa Furtado - 32 anos - Analista Contábil
Porque dependendo dos envolvidos há quem possa atrapalhar desde as investigações até o julgamento. Ou seja, sempre tem um figurão envolvido que quer se safar a todo custo e faz de um tudo para que não seja julgado.




Fonte:
Supremo Tribunal Federal
http://www.stj.gov.br/





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se é Arte, é Categóricos!