24.7.12

Histórias, nossas histórias!

Enviado por Ana Carolina Novaes, 23 anos de Tremembé, São paulo.
"Na verdade isso será mais uma crítica sobre uma situação inusitada que aconteceu nesta segunda (23). Estava eu dentro de uma agencia Bancaria aqui em tremembé, quando de repente entrou uma senhora muita idosa e ela foi passar por essas porta-giratória de segurança, sabe, e o sinal simplesmente começou a apitar, a senhora coitada ficou totalmente sem jeito e retirou as chaves que havia dentro da sua pequena bolsa, ela dizendo que não tinha mais nada de metal na bolsa e mesmo assim o sinal continuou a apitar, a senhora começou a ficar muito irritada e num ato de frustração tirou a blusa ficando apenas de sutiã mostrando para os guardas que ela não tinha uma arma. Ela ia tirar o sutiã quando funcionário a impediram e permitiram a sua entrada...Ai eu digo: vamos aplaudir esse país que barram senhoras idosas mais não impedem grandes assaltos a bancos! Vergonha!


Grande abraço a todo pessoal do Avm, super beijos!




Enviado por João Nonato, 37 anos de Vila Velha, Espirito Santo.
"Essa história é real e engraçada. Aconteceu lá no estado do Piaui minha terra Natal. Antigamente as pessoas tinha o costume de carregar caixões em caminhonetes, uma certa vez seguindo sua viagem um rapaz  amigo da minha família ofereceu carona a uma pessoa que ia a pé na estrada o que também era costume, oferecer carona. Ela tinha dito que estava levando um caixão na caminhonete e o banco passageiro já estava ocupado com algumas ferramentas frágeis, o homem disse que não tinha problema de ir na carroceria, então lá foram eles, no meio do caminho começou a chover muito forte e o homem que estava na carroceria pra se proteger da chuva entrou no caixão que estava vazio obviamente. Mais a frente um grupo de pessoas pediu carona e ai subiram também na carroceria, quando estavam todos acomodados ali, o homem que estava dentro do caixão saiu dizendo:
- E ai, a chuva já passou?
Meus amigos, imaginem a cena, aquele pessoal todo saíram num pinote tropicando, sem olhar pra trás. Acho que eles nunca mais pediram carona na estrada.


Forte abraço e sucessos.




Mande você também a sua história! compartilhe com agente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se é Arte, é Categóricos!