13.3.14

Reflita...

Somos Bichos
Crônica de Dedé Vieira



Seus pais sempre lhe ensinaram pra não falar com estranhos e contraditoriamente eles diziam para ser uma pessoa que se interessa pelo seu semelhante. Seus Professores sempre lhe ensinaram a pensar primeiro em você e o resto que seja resto... mas ao mesmo tempo tentavam passar  a ideia  de que o humanismo é importante. Pois é caros amigos, somos aquilo que eles construíram, uma sociedade sem oportunidades pra quem nunca teve o direito de apenas sonhar. São crianças, são adultos, são idosos, são moradores de ruas, seres humanos que moram nas ruas, ser humanos que habitam nas ruas, que não se dão o luxo de sonhar, de criar expectativas, de apenas viver modestamente. 

De um lado estão “eles” que não se interessam, ou melhor, nem ao menos sabem o que é o interesse altruísta e simplesmente se defendem como podem, sem raciocinar, se aquecem com os “bagulhos” para sobreviver e tiram de nós o que for preciso para alimentar o seu extinto. Do outro lado estamos “nós”, os “tais” seres pensantes, os metidos a intelectuais, os mentirosos quando dizem que se interessam pelo próximo de uma forma genuína somente para ver o melhor dos outros. “Nós” que nos chamamos de seres humanos normais não queremos saber deles, de certa forma queremos que “eles” desapareçam.



Fomos criados para nos alto destruir, fomos ensinados a não alimentar mendigos – “não alimente os animais”. Fomos ensinados a ver tudo isso e simplesmente fingir que está tudo bem e eles que morram. Fomos criados para sermos bichos, como já dizia a canção “voltamos ao inicio”. Somos instruídos a ter orgulho e que cada um lute pelo seu alimento, só que se esqueceram de um detalhe: bichos não raciocinam, não sabem o que é orgulho, estamos fazendo isso errado nessa carnificina humana onde não existem fortes e nem fracos, só há bichos.

_______________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se é Arte, é Categóricos!